O oceano é um Upanishad, a terra um Sutra, o sol um Corão, o vento um Evangelho. E tu uma deusa-deus que se rebola a nascer e morrer e a rir e chorar pelas colinas do tempo e do espaço até que regresses ao Infinito de onde tudo vem e de onde nada jamais saiu a não ser na mente estúpida que acredita piamente nas histórias que a si mesma conta para se distrair do Extraordinário que é. (Paulo Borges)


segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

REAL... IRREAL... SURREAL... (294)


Don Quijote, Honoré Daumier, 1868
Óleo sobre Tela, 52 x 32,6 cm

Honoré-Victorien Daumier, nascido a 26 de Fevereiro de 1808, Marselha, falecido a 10 de Fevereiro de 1879, Valmondois, foi um pintor, caricaturista e ilustrador francês, que ficou conhecido em seu tempo como o "Michelangelo da caricatura". Atualmente passou a ser visto como um dos mais importantes representantes da tendência realista que dominou a pintura francesa em meados do século XIX.

Selecção de António Tapadinhas


Sem comentários: