Um guerreiro da luz sabe o que quer. E não precisa explicar.

(Paulo Coelho)


terça-feira, 28 de novembro de 2017

O DIÁRIO DA MATILDE - O MEU PRIMEIRO ANO DE ESCOLA

O SÁBADO E A RECAPITULAÇÃO

Sábado repousado, com tarde de andorinhas no ar e o Sol que lava o céu de azul, fazendo das nuvens elementos de cenário propício a aguaceiros. 
Mas a temperatura está baixa. 
Há neve nas terras acima dos quinhentos metros o que, para nós é pouco em altitude e muito em termos daquela forma de precipitação sólida. 

Parece que a vaga de frio se faz sentir por todo o continente e, pelo menos, na Península Ibérica, tem provocado embaraços na circulação rodoviária. 
Na fronteira entre Espanha e França há muitos camionistas e outros portugueses retidos em áreas de serviço. 
Teme-se que as pessoas ali tenham que passar todo o fim-de-semana. 



E a violência que nas últimas semanas se tem feito sentir no Haiti, com os opositores do Presidente Aristide a contestarem a sua reeleição e a empunharem armas para o destituir, parece agora estar a chegar ao objectivo principal. 
Há sangue e morte nas ruas e da comunidade internacional surgem vozes que reclamam uma intervenção. 
A queda do poder está iminente. 
Façamos votos para que se não siga a carnificina. 



Uma coisa que tinha ficado por registar foi a ida das pequenotas ao Pediatra. 

Tudo normal e saudável com a Margarida. 

Mas a Matilde tem peso a mais para a altura e ainda que não seja caso para alarme, convém tomarmos cuidados para que não venha a ser um dia uma pessoa obesa, o que só lhe prejudicaria a saúde. De resto, não há qualquer outro problema. 

E o pardalito já pode dizer ao Médico que também ela sabe ler. 

Por motivos laborais, desta vez o pai não esteve presente. 
Mas a mãe galinha inchou de contente. 


 Alhos Vedros 
  28/02/2004

Sem comentários: