“ Que imenso descanso, não dar nome às coisas! Que infinito espanto, olhar para um mundo sem nome

Paulo Borges


terça-feira, 1 de janeiro de 2019

O DIÁRIO DA MATILDE - O MEU PRIMEIRO ANO DE ESCOLA

Hoje os alunos prosseguiram e concluíram os exercícios da aula anterior. 



E eu nem tive tempo para ver se o dia esteve bonito ou feio. 



Portugal está subjugado a poderes no mínimo muito duvidosos. 

O PSD de Gondomar queixa-se de falta de solidariedade por parte da direcção do partido. 
Segundo o líder da concelhia, no momento difícil que se vive naquele concelho, seria de esperar uma palavra de reconhecimento e apoio e, ao invés, verificou-se a perda de importância no concelho nacional, desde logo, com a substituição do major Valentim Loureiro na mesa directiva daquele organismo. 

Começou a queda do presidente da câmara de Gondomar e da liga de clubes que acabará no papel de bode expiatório nisto da operação apito dourado. 

Enquanto isso, o primeiro-ministro presta vassalagem a Pinto da Costa com a sua deslocação à final europeia da próxima quarta-feira. 


Por aqui se vê quem manda. 



Hoje há grilares na noite. 


Alhos Vedros
  24/05/2004

Sem comentários: