"Não haviamos marcado a hora, não haviamos marcado o lugar. E na infinita possibilidade de lugares, na infinita possibilidade de tempos, os nossos tempos e os nossos lugares coincidiram. E deu-se o encontro."

(Rubem Alves)


sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Chuva de Luz



Chuva de luz sobre o estuário do Tejo. À esquerda a "Ilha do Rato" que nos meus sonhos às cores chamo de "Ilha dos Amores", ponto de confluência entre a zona ribeirinha de Alhos Vedros, o Barreiro e o Montijo. Por detrás da luz, base aérea e ponte Vasco da Gama (Alcochete). Tudo junto, uma boa fatia de lugares da margem sul.

Lucas Rosa
Dez./2017


Sem comentários: