O oceano é um Upanishad, a terra um Sutra, o sol um Corão, o vento um Evangelho. E tu uma deusa-deus que se rebola a nascer e morrer e a rir e chorar pelas colinas do tempo e do espaço até que regresses ao Infinito de onde tudo vem e de onde nada jamais saiu a não ser na mente estúpida que acredita piamente nas histórias que a si mesma conta para se distrair do Extraordinário que é. (Paulo Borges)


domingo, 31 de dezembro de 2017

EG 95


ESTUDO GERAL
Dez./2017           Nº95


"Sem palavras, nada se perde."
(Paulo Borges)


Sumário

A Língua Portuguesa pintada e descrita
Agudo Silvo De Consciente Solicitação De Perdão Atrasado E Ascenso
3.     José Flórido
Um Conselho Superior de Cultura…
Um exame da consciência
A poesia feita uma dança
Conto (1º lugar nos Jogos Florais de Aurpicas, Alcácer do Sal, 2017)
Fotografia com luz própria
Real… Irreal… Surreal…
O estudo feito um diário, às terças
Conclusão de uma tese



---------------------------------Fim de Sumário----------------------------------


Sem comentários: