“ Que imenso descanso, não dar nome às coisas! Que infinito espanto, olhar para um mundo sem nome

Paulo Borges


quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Antúrios



Amar e Amor
fecundo rumor
suave sopro

calmo
espelho de luz azul
mar do sul

cristiano embalo
divinal lusa cor
tropical


Fotografia e Composição Fotográfica de Kity Amaral
Legenda de Luís Santos


4 comentários:

Kity Amaral disse...

Anthurium patria tropicae silvis
Agradece de cor & core
Gloria Gloria in Portuguese poet

Abraçaço Brasilis Terra!

luis santos disse...


Bela fotografia. A incursão de uma pintora em outras expressões artísticas. Vislumbra-se entre si os laços fraternos e eternos que unem Brasil e Portugal, mundo inteiro. E tudo tão tanto que dá poema.
Será que o título é o mais adequado? Alguma sugestão?

Abraçaço!

Renan Springer de Freitas disse...

Esplêndido! Que esse dueto luso-brasileiro possa sempre nos presentear...

luis santos disse...


...e esperemos que em próximas aventuranças possa ser um trio, pelo menos.
Aquele Abraço, Amigo.