"Firme, forte, bem enraizada, a última azinheira e a sua dríade ou Espírito da Natureza, qual Deusa Mãe Terra, saúda-nos e pede-nos para defendermos mais as árvores, em especial as mais velhas, raras e sagradas..." (Pedro Teixeira da Mota)



quarta-feira, 12 de outubro de 2016


GRITO
(Pedro Du Bois, inédito)

O grito sinaliza a discórdia
            na alegria exacerbada

            mania trazida de casa
            no gesto adquirido
            pela rua

a névoa encobre o corpo
e abafa o grito

                  o grito silencia.

SHOUT
(Marina Du Bois, English version)

The shout signals the discord
                 in heightened joy

                 an habit brought from home
                 in the acquired gesture
                 on the street

the mist covers up the body
and muffles the cry

                        the cry mutes.
 

2 comentários:

Pedro Du Bois disse...

Caros amigos, mais uma vez, gratíssimo pelo destaque. Abraços.

luis santos disse...

Abraço Amigo Pedro. Igualmente gratos.