Levou tempo para que eu percebesse que quem presta muita atenção no que é dito não consegue escutar o essencial. O essencial se encontra fora das palavras.

Rubem Alves


sábado, 12 de fevereiro de 2011

Confissões de uma alma apaixonada

Fernanda Leite Bião*

Existe um frio que independe da estação predominante.
É um frio que brota das profundezas do ser
E se instala exatamente na região abdominal.
Faz incômodo. Algo que cintila entre os arredores do coração
E se expressa nas mãos que exprimem um toque gélido.
Um clamor, um suspiro se exprime, agora, entre as batidas
Ora aceleradas, ora tranquilas,
Dentro do meu interior, que indica a situação de mim.
Quisera eu entender todas as cantigas que toco,
Quando a alma de minha alma se aproxima.
Quisera eu entender todos os movimentos
Entre o olhar, o gesto e o tocar que minha alma procura sintonizar.
Ternura e movimentos bruscos.
Afasto aquilo que quero juntar, por medo de perder.
Pássaro de penas coloridas,
Que se esvazia no ar e muda rapidamente de horizonte e cores.
Sonho do reencontrar.
Tristeza no olhar.
Acho-me.
Enfim!

* Psicóloga e Orientadora Profissional. Bacharela em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). E-mail: fernandabiao9@hotmail.com.

Sem comentários: