De que árvore florida chega? Não sei. Mas é seu perfume.

(Matsuo Basho)

sexta-feira, 4 de março de 2016


CHAMAS

Candelabros acesos
janela aberta à noite: estranhos sentimentos cruzando espaços. Na terra úmida a estrada se desfaz em passos. A chama trêmula se oferece ao vento. O ar se rarefaz consumido pelo fogo. Fechada a janela oferece a paisagem interior.

FLAMES

The lit candle holders
an open window at night: strange feelings crossing spaces. On the moist earth the road crumbles into steps. The trembling flame offers itself to the wind. The air rarefies consumed by the fire. Closed window offers inner landscape.


 (Pedro Du Bois, inédito)
  (Marina Du Bois, versão)


Outros poemas:

2 comentários:

Pedro Du Bois disse...

grato, amigos, por mais esse destaque. Abraços e bom final de semana.

luis santos disse...


Outro Abraço Geral!