Levou tempo para que eu percebesse que quem presta muita atenção no que é dito não consegue escutar o essencial. O essencial se encontra fora das palavras.

Rubem Alves


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

MISTÉRIO


Às vezes
- raras - o estrangeirismo solicita a tua presença
escondida
atrás das obrigações: descobres não haver esconderijo
                               nem mistério.

A estrangeira se revela
entre noites mal dormidas
e o choro da criança.

                Depois enxergas
                o lado visitante
                e te acolhes no esquecimento.


Pedro Du Bois
in, Tânia: Poemas, Projeto Passo Fundo, 2015
( blog: pedrodubois.blogspot.com )


2 comentários:

Pedro Du Bois disse...

Caríssimo Luis, grato pela sua leitura e destaque dado ao poema: o link está no meu blog, em meu perfil no google+ e no site do Projeto Passo Fundo. Abraços.

luis santos disse...

OK, Pedro.
Muito Obrigado.
Bom Natal, Feliz Ano Novo,
e Abraço.