"Não defendo este partido, nem o outro; se ambos diferem à superfície e podem ararastar opiniões, aprofundemos nós um pouco mais e olhemos o substrato sobre que repousa a variedade; o mundo das formas levanta oposições que se desfazem à luz do entendimento (...)"
Agostinho da Silva, O Terceiro Caminho, Diário de Alcestes (1945), in Textos e Ensaios Filosóficos I, pp. 216-217.

sexta-feira, 17 de março de 2017

RESILIÊNCIA DE CAIM


Um novo poema a meu amor sempre

o violoncelo ágil, claro e incisivo no teu corpo
o teu ritmo vegetal em finos raios de luz
um íntimo esboço nas ondas
para libertar os tons amarelos
nos trilhos das pernas doces

traço a traço as tuas costas
na delicadeza da música dos
dedos

desenho um cais de chegada

José Gil


Sem comentários: