De que árvore florida chega? Não sei. Mas é seu perfume.

(Matsuo Basho)

terça-feira, 27 de novembro de 2012

FRESCOS


As árvores abanam
                  o vento
gritos infantis
                  “-Sandraaa!”
e a Lua, bola de luz.

6 comentários:

Anónimo disse...

Gritos infantis abanam as árvores/o vento e a Lua/Sandra, bola de luz!
Desculpa este pequeno 'exercício' com as tuas palavras - foi a minha forma de te dizer que todos usamos as mesmas palavras mas só alguns conseguem ordená-las de forma a obter textos/imagens tão bonitos como são os teus Frescos!

Unknown disse...

Já agora, e porque acredito que as palavras não nos pertencem, mas apenas "dançam" por nós, apetece-me:
_ Sandraaa!
O vento abana as árvores e a lua e os gritos infantis, a bola de luz.
Teresa Bondoso

Anónimo disse...

Teresa, adoro a ideia de que as palavras 'dançam' por nós - e para nós também, às vezes!

Luís F. de A. Gomes disse...

I´m impressed, really. Once again, thank you.

Luís F. de A. Gomes disse...

E apeteceu muito bem.

Palavra, tal como a Língua que faz e a faz, não tem dono e o divertido é gostarmos de brincar com elas, pois também é para isso que existem.

Luís F. de A. Gomes disse...

Concordo, seja no sentido do através de nós ou do para nós, é sem dúvida alguma uma bonita ideia.

E é assim mesmo Anónimo - mesmo correndo o risco de estar a falar para um "chui" - vejo que absrveu o espírito desta casa de conversas entre quem gosta de conversar, pois essa é uma das formas mais anos de estudo - geral, claro, como é neste caso.

Um texto não serve só para que o comentemos; tanto melhor para ele, se do mesmo sair a vontade de comentarmos os comentários. Por isso lhe fico grato.