De que árvore florida chega? Não sei. Mas é seu perfume.

(Matsuo Basho)

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Tempestade



Praia da Luz, Algarve, após a passagem da tempestade. É sempre lindo o mar, mesmo em dia de tornado... (clique em cima da foto para ampliar)

Fotografia de Pedro Domingues


2 comentários:

Anónimo disse...

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

Fernando Pessoa

A.Tapadinhas disse...

Bela fotografia!

Vou mostrar uma interpretação possível da Praia da Luz...

Abraço,
António